InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
Top dos mais postadores
Fractius (227)
 
Baqi (97)
 
Branca (91)
 
Danto (74)
 
King Werneck (29)
 
Frazz (20)
 
Njörd (14)
 
Richard Spencer (12)
 
Narrador NYC (11)
 
Rolador de Dados (10)
 
Os membros mais ativos da semana

Compartilhe | 
 

 ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Sab Nov 08, 2014 12:28 am


☥ Londres - Bexley - Apartamento Alugado. ☥
• 17 de Dezembro de 1999, Sexta-Feira: 16h45min P.M.
•  Thaniel | Taylor O'Neil: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres.



O chamado é algo diabólico para os desejos de um Profanador. Mas o Moldador de Argila, como é conhecido no Abismo, em fim conseguiu passar pelas rachaduras do fosso. Era sua hora, seu retorno para a liberdade. Após a queda, muita coisa foi perdida de seu legado da Idade da Ira, mas os atos marcantes, nunca serão esquecidos. Principalmente da dor, amargura e agonia... Lúcifer realmente estava certo ? Talvez não, pois afiliou-se aos Faustianos. Diferente de muitos que ainda acreditam no retorno do Príncipe dos Céus, o grande Estrela da Manhã. Os Luciferianos seriam tolos demais ? As facções, a política infernal, literalmente dividiu todos os Caídos. Junto com outros Elohim, foi preso no Abismo, a qual é chamado de Inferno por muitos ocultistas. Sua hora e seu retorno foi de triunfo. Ao contrário de muitos irmãos Caídos que não conseguiram encontrar o seu novo hospedeiro, para conseguirem viver fora daquele lugar miserável, que ao mesmo tempo, longe da coleira de Deus e de seus Anjos.

O mundo físico viraste uma bagunça, por sorte ou azar do destino, Thaniel encontrou o seu hospedeiro. Taylor O'Neil. Um homem de nascimento, mas uma verdadeira mulher por dentro e agora totalmente pelo seu exterior. Após sua morte, sua alma fresca a qual o Profanador guiava a "mesma" e por fim conseguiu sua nova morada. A mente do mortal realmente é de grande inteligência, mas muita tristeza e de preconceito de sua vida. Isso marca o ódio e a raiva as vezes. Todo tipo de preconceito diante deste hospedeiro já o deixa complexo, ligado a alma do Elohim e ele sabe disso... O que é ser discriminado por Deus e os outros Anjos. Parece que a dor e o preconceito ligado aos dois, são compatíveis. Mas e agora com o chamado para a cidade de Londres, as visões estranhas do céu rubro e anjos caindo dos céus e antes de tocarem o solo, viram cinzas. Uma nova rebelião ? Fim dos Tempos para os Elohins ? Dúvidas ainda se passa pelo Moldador de Argila.

Faz exatamente duas semanas no corpo da "moça", até então não seguiu conceitos e nem respostas de outro Elohim ou de companheiros que fugirão do Abismo junto com ele. Mas quando se trata de sobrevivência e um mundo diferente de milênios atrás... A Fé é sempre necessária. Logo conseguiu forjar dois pactos distintos pela cidade. Assim mantendo-se "alimentado" e cumprindo com suas promessas do pacto. Sabe que os Faustianos estão na cidade. Mas quem e aonde ? A facção é bem sigilosa, ele sabe disso e por isso esta complicado. Sua atravessia pelo abismo fez esquecer um nome, mas lembra da alcunha dele, conhecido como O Príncipe Celestial. No inferno foi isso que recebeu de seus superiores, sua mente embaralhou, principalmente quando ligou-se ao hospedeiro.

Thaniel vive em um apartamento apertado, alugado nos subúrbios de Bexley. Um distrito radical de dia e à noite bem perigoso. Área com tráfico, prostituição, grupo de times organizados. Uma depravação total, bem ou mal é um dos contextos principais para o Profanador. Assim que conseguiu seus pactos e bem ou mal o seu corpo feminino estético em noites quentes, faz a diversão dos mortais. Porém isso mantém o alimento e o aluguel pago. Não sobrava nada, a não ser que sua metas tomem outro ritmo. Tanto para sobrevivência e o futuro do Elohim.

Com a chegada do natal, o inverno que assola a cidade. Acaba deixando tudo mais movimentado e barulhento. O Caído esta deitado na cama, olhando para o seu teto espelhado e refletindo tudo que ocorreu desde a saída do abismo até os segundos atrás de sua nova morada. Sabe que falta muita coisa para se fazer por Taylor, bem ou mal ele exige vingança daqueles que o destratou, o ódio pelo preconceito alheio. Mas bem ou mal o Elohim vem sabendo trabalhar junto das emoções do hospedeiro. Era final de tarde, logo o crepúsculo irá tomar conta de Londres, junto o intenso frio acompanhará tudo e a todos nesta cidade. E com isso o verdadeiro inferno começa no sudeste desta capital, Bexley o bairro do pecado como é apelidado. Usando suas vestes íntimas apenas, relaxando até que um som corta seus pensamentos. Era a batidas fortes vindo da porta, a única daquele apartamento quase um quitinete. Seu apartamento é simples, um quarto, sala e cozinha em um espaço só e um banheiro. Mais nada... Todo da era vitoriana e caindo aos pedaços. Pelo preço que paga esta ótimo, piso todo de madeira branca, agora encardida e paredes amareladas a qual um dia foram brancas, assim como o teto. Mais uma vez, batidas na porta... Estranho, clientes sempre ligam antes de subir. Muito esquisito...


Quarto de "Thaniel.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!


Última edição por Fractius em Qua Nov 19, 2014 3:42 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Baqi

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 97
Data de inscrição : 17/10/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Seg Nov 10, 2014 1:29 pm

*Antes de abrir, Taylor olha pelo olho mágico, para ver de quem se trata. Não se pode ser cauteloso demais num lugar daqueles.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Seg Nov 10, 2014 11:24 pm



Suavemente seu corpo se desliza pela cama e seus pés finos e delicados encontram o piso branco de madeira. Apenas de calcinha e sutiã de cor preta, o Terrestre calmamente desliza-se até a porta da mesma cor que o chão. Sabe que não tem um olho mágico, mas em segurança tem o famoso pega ladrão. Suavemente destranca a porta e a corrente de cor ferrugem se estica ao máximo assim apenas com seus olhos ele pode notar quem seja seus visitantes. É um número de três homens. Nunca os viu em sua vida como Taylor e Elohim. E muito menos são seus clientes. Todos são negros, o primeiro esta bem vestido, um penteado que lembra várias tranças finas penteado para trás em seu curto cabelo. Usando um terno cinza claro com listras um pouco mais escura, blusão branco e a gravata da mesma cor que o paletó e calça. Um par de sapatos de couro legítimo da cor marrom, seus dedos cobertos de anéis de prata e ouro. E em seu pulso esquerdo uma corrente fina de prata. Do lado dele o homem usa uma boina negra, um sobretudo da mesma cor que liga até os joelhos do rapaz e um blusão branco por de baixo. Além de uma calça jeans e um par de sapatos negros. Esse tem um colar de um crucifixo de madeira bem pequenino e um relógio de pulso. O terceiro, era um armário com mais de dois metros, de braços cruzados, usando uma camiseta branca e um sobretudo idêntico ao do rapaz na frente dele, só que nele parece ser mais uma jaqueta do que sobretudo. Por sinal ele é bastante musculoso e lhe encara com um olhar feroz. Por sinal se fosse Taylor ali, estaria morrendo de medo, mas como é o Profanador, as coisas são diferente para Thaniel. Mas de todas as formas, tem que ter todo cuidado possível, principalmente com humanos. O de terno toma a frente, lhe da um sorriso amarelo e por sinal ele nota um de seus dentes cobertos de ouro e logo fala em um tom direto:

─ Olá belezinha. Eu me chamo Willian, mas todos aqui na minha área me chamam de Will. Meu chefe ficou sabendo do seu sucesso aqui no bairro. Ele gostaria de contrata-la para trabalhar para ele. Bem, peço que deixe-me entrar junto de meus amigos e vou lhe explicar melhor a situação queridinha.

Já ouviu falar neste apelido Will, boatos de que ele coordena a boca de fumo de Bexley. E é bastante perigoso. Como diz o ditado, são apenas boatos e acredita neles quem desejar. O rapaz ao lado dele cruza os braços e nesse mesmo instante o Elohim nota um colete por dentro de um coldre com uma arma. Foi tão rápido, mas seus olhos diabólicos foram capazes de detectar. Os outros dois não dizem nada, só ficam olhando e aguardando a resposta de Taylor. Uma coisa que chamou atenção do hospedeiro é que os três fedem a Morte, indicando que esses três já fizeram muito o mal neste mundo decadente.


Desconhecido e o homem chamado Willian.


O Grandalhão Desconhecido.



Leia Importante (OFF):
 

_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Baqi

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 97
Data de inscrição : 17/10/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Ter Nov 11, 2014 11:29 am

*Taylor franze o cenho e hesita um pouco. Acaba por considerar que, qualquer ação diferente de lhes abrir a porta só pode terminar mal. O grandalhão arrombaria a porta, caso desejasse, se o da arma num fosse ainda menos sutil. Taylor suspira e aquiesce, fechando a porta para abrí-la, sem movimentos bruscos. Se vai trabalhar para um cafetão, melhor começar em bons termos, e não dá para pensar que consiga lidar com os três, não usando músculos, ao menos. Se eles são maus, dá para usar para seu próprio proveito, mas melhor na privacidade de seu lar mesmo. Começa a falar ainda destrancando a porta.*

-Bem, gracinhas, entrem e me expliquem exatamente o que o chefe de vocês esperam que eu faça. Chá? Água?

*A sensação de medo e fragilidade de Taylor chegam a Thaniel. Aquela sensação, é esse tipo de gente que havia assassinado ela e o parlamentar? Era esse tipo de gente que deveria pagar? Enviá-los para o Abismo, do lado das almas mortais... Era isso mesmo o que mereciam? O arrepio denuncia a falta de controle. O Abismo lhe ensinara muito e uma das menos insignificantes era a paciência. Vamos ver onde a noite leva.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Ter Nov 11, 2014 11:33 pm



Thaniel sente a pressão desses três humanos. Não tinha escolhas, ainda. Retirando o pega ladrão e abre a porta. O famoso Will põe a mão na brecha e empurra suavemente dando espaço para o negro de boina adentrar primeiro, em seguida ele mesmo e por último o gigante. Ele nota que o grandalhão precisa se agachar para passar pela porta branca. Além disso ele fecha a porta e ali permanece cruzando os enormes braços e o olhar sério que não para de observar aquele maravilhoso corpo esculpido pelos humanos, este não foi uma obra de Deus. Tanto Willian e o outro olham na cara de pau a "garota" só de calcinha e sutiã da cor do abismo. Will apenas estende a mão para que o companheiro espere atrás dele. Ambos olham ao redor do apartamento do Profanador. Ouvem seu comentário, assim o homem de terno desenha um sorriso naquele lábio sedento de desejos maliciosos com a "mulher" maravilhosa à sua frente. Logo sua voz um pouco rouca e diz amigavelmente:

─ Em primeiro, como se chama ? Bem... Você é nova aqui na área. Tem um corpo bem gostosinho de se ver. Aos pouco a clientela do meu chefe, veio desaparecendo em menos de um mês. Em nome do nosso Boss, iremos lhe dar uma escolha. Você conhecê-lo, se unir a equipe e continuar seus serviços. Ou, juntar suas coisas e sair deste bairro. Bem, só tem essas duas opções, não há uma terceira antes que pergunte. O que me diz branquinha ? -

Alguém ali é fumante, ou todos. Pois fedem a nicotina. Quando ele termina de falar, lhe encara sério e ambas as mãos ficam juntas novamente à frente do corpo apoiado ao corpo. O de boina esta distraído, pegando algumas peças íntimas da mesma espalhadas olhando, sorrir sozinho e as larga de volta. E o grandalhão, uma estátua na porta olhando com aquele olhar de como se fosse devora-la de todas as formas. E agora, o que Taylor faria ? O Elohim sente remorso diante das coisas, talvez esse tipo de gente que deu fim na vida do jovem e graça a eles, Thaniel o trouxe de volta envolvendo-o com sua alma. O que irá fazer diante desses três capangas ? E quem é este chefe ? Deve ser alguém bem influente no bairro para saber das clientelas de Taylor.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Baqi

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 97
Data de inscrição : 17/10/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Qua Nov 12, 2014 1:42 pm

*Taylor busca um lugar para sentar-se e, também, seu sobretudo a fim de cobrir-se daqueles olhares. Ela estuda cada um dos três com cuidado e paciência. Ainda alternando os olhares, começa a se pronunciar, cruzando as longas pernas expostas de maneira sensual.*

-Meu nome é Taylor, encantada. Bem, o que eu ganho atualmente é muito pouco. Mal e mal me mantem aqui no cafofo. Agora, vocês três chegam aqui, respeitosamente e tudo, pedindo que eu deixe minha autonomia e independência financeira para bancar alguém que eu ainda não conheço. Vocês têm argumentos fortes, é claro, musculosos, até. Ainda assim, se uma garota não puder se sustentar, ela é uma fonte de renda a curto prazo, pessoalmente preferiria ser a longuíssimo prazo, se é que me entendem.

*A raiva acumula no peito. É isto que eles se tornaram? Todos eles monstros? É por isso que ele caiu no Abismo? Ao menos com a inteligência e apreciação artística de feras, eles eram inocentes. Mas tá certo. Se é assim que o mundo gira agora, Thaniel terá o que é seu por direito. Eles ainda têm fé para sustentá-lo, e ele vai chupar até a última gota de Fé que puder destes monstros mesquinhos.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Qua Nov 12, 2014 6:49 pm



Tanto Taylor e Thaniel sentem repulsa com este tipo de gente. Uma nojeira só, ao ponto de dar nó na garganta se duvidar. Suas palavras soaram firmes para os três presentes de sua situação. Seu corpo é envolvido pelo sobretudo negro e de todas as formas, deixa as curvas perfeitas do seu novo corpo feminino. Um presente da Tailândia. Willian desenha um sorriso amistoso ao rosto e ao ponto de impaciente em conjunto, não era necessário ser um Expert para notar isso. Ao fato dele passar a língua ao lábio superior demostra isto. Então ele passeia sua própria mão esquerda em sua cabeça para trás, olha para seu companheiro de boina rapidamente. O mesmo só responde com um direcionar de cabeça para que Will fosse logo direto. Então ele volta a olhar para o Profanador dentro daquele corpo perfeito, graças a medicina e responde:

─ Taylor... ? Nome diferente para uma mulher... - A voz do rapaz de boina o interrompe dizendo: ─ A não ser que ela, não seja ela realmente chefia. E sim uma bi... - Antes de completar a palavra "bicha", Taylor sentiu um remorso dentro de si, ele sabia que aquele idiota iria dizer aquilo. Mas foi interrompido com Will estendendo sua mão ao lado do seu rosto para que ele se cale e logo ele completa:

─ Cale a boca David... Respeite a moça. Não importa o que seja, eu vejo uma bela mulher em minha frente. E é isso que o chefe almeja. -

Ele falava olhando por cima de seu próprio ombro esquerdo olhando para o rapaz de boina a qual foi chamado por David. O mesmo balança a cabeça negativamente em reprovação de que Will possa estar defendendo aquela "bicha". Ele se vira e ignora indo mais próximo do gigante que momento algum tirou os olhos da bela Taylor. Então Will volta a olhar-te e sorrir tranquilo e diz:

─ Taylor, peço desculpas. Prometo que não irá se repetir. Independente do que seja, meus contatos, e influência aqui em Bexley, informou-me que seus serviços são bem feitos e a clientela aprovou. De todas as formas, eu perdi uma grana. Porque a área é minha, assim como o senhor Ghost me permitiu controlar tudo que se passa aqui. Você não é tola, sabe que aqui é um bairro perigoso. E este perigo, se resume a mim... o grande Will. Eu sou o negão do pedaço, então... tudo que se passa aqui, independente do que seja... me pertence. Em todos os aspectos, você seria minha mercadoria, entendeu ? -

Foi totalmente ignorante no final de suas palavras, mas o tempo todo ele diz se glorificando e sempre com o polegar do dedão da mão direita apontando para si mesmo. Então, ele já um pouco exaltado, até ao ponto dos olhos se esbugalharem e soar. Logo ele retira um lenço branco de dentro do seu paletó e limpa sua testa enquanto espera o Profanador responder algo. Em seguida ele guarda o lenço de onde veio, olha ao redor rapidamente demostrando reprovação do lugar ser quente. Mesmo lá fora sendo o frio pesado do inverno de Londres. Logo ele finaliza:

─ Ghost, sempre trata suas meninas com mordomia. Não vai precisar viver sempre nesta espelunca, a não ser que queira. Apareça hoje no The Serpent's Embraced (O Abraço da Serpente) as 19h da noite. Ghost pediste para convida-la, ele vai estar hoje nesta noite. Seja melhor você ir e vá bem sexy e arrumada. O patrão gosta. É isso gatinha, então até... E cuidado com este seu corpo, ele vale ouro. -

Ele falava o tempo todo com ambas as mãos juntas ao centro de sua cintura, bem próximo do pênis. Ele finalizou as palavras e desenhou um sorriso amarelado ao rosto. Esperou ouvir os detalhes do Profanador, em seguida retirou um cartão do bolso externo do paletó e estendeu para que o Elohim possa pegar e se virou em seguida. Caminhou até a porta, o gigante descruzou os braços, sempre com aquela expressão emburrada, ele mesmo abre a porta. Assim David é o primeiro a sair indignado ainda pelo esporro. Ele deu uma última pausa na porta e olhou para trás e se Taylor dizer algo ele dará suas palavras finais e sai. E por final o grandalhão se retira e bate a porta. Fazendo a porta tremer com a força estúpida daquele ser montanhoso. O cartão tem o logo da boate, nome e o endereço. Que por sinal fica no distrito próximo de Bexley, em Bromley um pouco ao sul dali e "ela" sabe que lá é muito mais perigoso que este bairro.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Baqi

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 97
Data de inscrição : 17/10/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Qua Nov 12, 2014 8:46 pm

*A repulsa tem que ser controlada, qualquer coisa ali vai, mesmo em caso de sucesso, lhe custar a moradia, e tanto Taylor quanto Thaniel são mais inteligentes e controlados do que isso. Foca sua atenção em manter-se sorridente e afável. Quando o da boina ia falar a palavra tabu, quase não dá para segurar a expressão amistosa, mas Taylor faz o possível, e não é como se o próprio Elohim não tivesse sentido desgosto ao ver o corpo moribundo de Taylor também. Sorri genuinamente quando Will a defende e mais ainda quando pede desculpas. Já sabe em quem confiar. Escuta com atenção e interesse, inclusive achando divertido o nome do manda-chuva acima do negro, Ghost... Alegre até o ponto em que ele diz ter pertencimento sobre ela. Após uma breve hesitação, Taylor aquiesce.*

-Entendi, sim senhor.

*Agora, a parte de "tratar suas meninas" com mordomia parece um avanço. Talvez este Ghost possa ser explorado. Pelo que Thaniel entendeu, as pessoas deste bairro têm uma condição de vida que força um amontoado de Fé potencial imenso. Se ele tiver acesso aos manda-chuvas locais, ele poderia ter uma fonte imensa de Fé. Ora, não era isso que ele deveria fazer aqui fora do Abismo? Colheitas de Fé para ajudar os demais Faustianos no Abismo? E então eles parecem partir.*

-Estarei lá, sem falta, com meu melhor vestido.

*Sorri para todos, exceto para David, para quem manda um beijo e uma piscadela, em seguida dando um tapa leve e inaudível em sua voluptuosa bunda. Perigoso ir, perigoso ficar... Pelo menos indo ela tam um pouco mais de controle sobre o quando e o onde. Ela irá. Com certeza irá.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Qui Nov 13, 2014 6:59 pm



David nada disse em resposta da ousada Taylor com o beijo e a piscadela. Ele resmungou algo que não foi possível o Elohim ouvir. Mas saiu, já Willian responde antes de sair:

─ Ótimo Taylor... Vou avisar ao Boss, sobre sua ida. Ele ficará satisfeito e de todas as formas, até de noite. Evite de se atrasar. -

Logo a porta se fecha e assim a Elohim fica a sós de novo. E agora é saber quem é este homem chamado Ghost ? Seria ele um homem comum ? O Profanador pensa nessas hipóteses, tudo é possível ou não. Olhando no relógio da parede sabe que ainda tem duas horas para as sete da noite. Aquela sensação que provém do  hospedeiro aos pouco desaparece aliviado e pela dor que causa esse tipo de gente. Porque algo do gênero que causou a morte pré-matura desta jovem casca. Agora o silêncio toma conta do cubículo de seu quarto alugado, logo chegará a noite na cidade romântica e tranquila de Londres.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Baqi

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 97
Data de inscrição : 17/10/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Qui Nov 13, 2014 9:12 pm

*Thaniel solta um pouco as rédeas, permitindo que o hospedeiro caia em lágrimas. A sensação de impotência, de fraqueza, tão inesperadas e ainda assim, tão familiares. Thaniel não deixará Taylor impotente nem com fraqueza. O elohim consola a alma humana. Promete-lhe segurança e fortaleza. Fica consolando por umas boas meia hora antes de começar a aprontar-se. Humano ou não, o que quer que esse Ghost seja, ele é poderoso, mas se tiver algo da hubris humana, uma mulher bonita lhe será valiosa. Thaniel pede ajuda de Taylor, o traje precisa ser vulgar e ainda assim, empoderante. Ela precisa mostrar audácia, mas ao mesmo tempo submissão. Taylor, confiante que o Elohim quer o melhor para os dois, lhe sugere um vestido apertado de vinil, aberto dos lados e unido por cordas do mesmo material. Além disso, maquiagem forte e escura. O Elohim se prepara para o embate com Ghost.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Sex Nov 14, 2014 2:55 am



Estava tudo mais suave diante daquela pressão dos três negros e "donos" do pedaço. As lágrimas é de certo escorrerem daquele rostinho belo, esculpido pela medicina. Mas por dentro ele é todo original em seus sentimentos, mesmo que por fora, seja apenas uma máscara. Ficou ali um bom tempo perdido e o Elohim sentindo aquele desconforto gerado pelo hospedeiro. Era até uma sensação gostosa para se dizer a verdade, algo que não sentia desde sua era no Éden. Pois a dor e agonia que o Abismo proporcionava anulava tudo que era de sentimento puro e de tristeza. Apenas ódio e mais ódio era consumido pelas almas imortais dos Anjos. De todas as formas, Thaniel sabe que sua alma se alimenta das emoções e mente de seu hospedeiro. Isso poderia esta amolecendo o Faustiano, será ? Mas sua causa é justa, sempre foi e ele aproveita disso através do corpo de Talor.

Quando se deu conta, tinha passado uns trinta minutos, faltava uns vinte minutos para marcar seis horas da noite. Alguns minutos atrás, antes mesmo dos três homens adentrarem em sua moradia, ouviste as cinco badaladas do sino de uma capela que há nas proximidades daquele bairro sujo. Então se ergueu, já estava no controle do corpo de novo, sugando da memória do hospedeiro sobre as vestes para o momento. E literalmente em um trabalho de 'equipe' ele se veste adequadamente bem sexy, maquiagem bem forte e chamativo ao ponto de ficar "charmosa". Como toda "mulher" demora para se arrumar, e foi o que ocorreu. Quase uns dez minutos atrás, ela tinha certeza que ouviu a badalada das seis horas da noite. Sabe que seu tempo é curto, agora é saber o que levar, como vai chegar até o endereço do cartão. Um frio na barriga de nervoso veio, este por parte de Talor, mas o Elohim lhe fornece confiança, já ele que esta no controle, já tinha tudo planejado. Agora é saber quem é Ghost e logo precisa reunir suas potências de fé para sobreviver melhor em Londres.

OFF - Detalhes:
 

_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!


Última edição por Fractius em Sex Nov 14, 2014 6:47 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Baqi

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 97
Data de inscrição : 17/10/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Sex Nov 14, 2014 6:41 pm

*Juntando £100,00 em cinco notas de vinte, documentos, maquiagem de viagem, cartão de débito, cartão de transporte público, chaves de casa, o cartão com o endereço, celular e um bloco de anotações e uma caneta em uma bolsinha de mãe, ela sai, desliga as luzes e tranca o apartamento, janelas e portas. Vai de metrô até o local.*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Sab Nov 15, 2014 1:55 am



Estava tudo esquematizado. Separou seu dinheiro, documentos, cartões em geral e até seu jogo de maquiagem que cabe em sua bolsa. O que é uma mulher sem o seu batom ? Estava totalmente alinhada e bela. Quem não sabe do seu passado como homem, nunca imaginaria que este mulherão um dia já foi macho. Em seu pequeno apartamento só tem uma janela que fica na parede do outro lado da cama que por sinal já estava trancada. Pia um pouco suja de resto tudo certo. A noite esta apenas começando para o Profanador. Saiu e trancou bem a porta. Caminhou pelo pequeno corredor que da acesso a escada de madeira a qual chega no térreo facilmente, a porta como sempre aberta, não há porteiro, sempre essa vagabundagem em um lugar caótico como este. Dois negros com roupas em uma mistura de rap e jogador de basquete. Bonés de lado, dreads longos e trançados. Os dois estão do lado de dentro, na porta fumando maconha. Nem são moradores dali, isso é óbvio. Eles notam a mulher descer, ao ponto de um catucar o outro e literalmente devorarem com os olhos. Quando ela vai passar o primeiro, mais próximo querendo se amostrar ao amigo diz uma piadinha após jorrar a fumaça com aquele cheiro doce e estranho que a maconha transmite:

─ Boa noite senhorita deliciosa. Como vai toda essa elegância... E por favor não me assalte com esses dois fuzis apontados para mim. Hahaha. -

O outro se engasga ao rir, e os tais fuzis ele se refere ao seu par de seios transpassando pelo belo decote chamativo. Ficam rindo e o Elohim já estava acostumado com esses tipos de provocação dos homens quando se refere ao corpo de seu hospedeiro, e ao fundo ele gosta disso. Insitar desejos aos outros, não importando quais. A dupla aparece na porta só olhando e admirando-a olhando seu traseiro e fazendo gracinhas com movimentos de mãos bem hostis como se escovassem seus próprios dentes com a língua em suas bocas. Isso ficou para trás, sua pele pode sentir a brisa gélida de Londres tocando sua pele macia e branca com a mais pura neve. A calçada esta bem movimentada, passos lentos, pessoas andam para lá e cá bem agasalhadas. Em algumas vielas fétidas ela nota mendigos se aquecendo em galões em chamas. Prostitutas em seus respeitáveis pontos marcados. Ouviu até algumas ao longe falando: "Aqui é minha área piranha, arrume outro ponto." - Literalmente esse tipo de palavreado e perversão que Bexley trás a esta cidade. Mesmo sendo um caos, as estritura dos prédios e casas marcadas pela era vitoriana são bem bonitas, mesmo para um bairro literalmente pobre e drenado pela prostituição e crimes organizados.

Caminhou literalmente por duas quadras, coisa de dez minutos, sempre homens quase torcendo seus pescoços para apreciar a beleza de Taylor, era formidável isso. Homens sujos, querendo diversão, mas hoje "ela" sabe que a diversão será outra. Achou na esquina a descida para ir ao metrô, aquela longa escada rolante. Por sorte se cartão de transporte público ainda tinha uma passagem, sabe que para volta não tem mais. Terá que carrega-lo ou pagar em dinheiro. Passou pela roleta, aquele enorme movimento de gente, pessoas saindo do trabalho e outros chegando no distrito voltando para suas casas. Descendo mas um vão de escada rolante, logo estava na estação do bairro. Bem movimentado e nem demorou cinco minutos e o seu transporte chegou, de cor prata e semi-vazio, mas com esse povo todo, logo estará cheio. E a briga por algum lugar para se sentar, sempre tem os loucos que não respeitam nada.


Subway da Estação de Bexley.

As portas se abriram e aquela aglomeração de pessoas adentram e neste meio o pequeno corpo de Taylor. Já dentro, mas não tão impressionada, podia ficar bem, mas mal podia se mexer. Próximo da porta sabe que na quarta parada, será o seu destino. Agora ocorreu algo engraçado, ninguém olhava para o Profanador. Pessoas mal se aconchegaram e estão fechando os olhos para um descanso, outros ouvindo música em seus discman e lendo algum livro, jornal ou revista. Uma coisa que lhe atraiu, foi sua percepção aguçada e sobrenatural de um Elohim, percebeu um homem negro aparentemente enfiando a mão dentro da bolsa de uma senhora de idade, distraída e conversando com outra senhora. Era do outro lado da porta um pouco em seu sentido de treze horas na posição de um ponteiro. O homem estava de costa, então não poderia ver o rosto. Notando aquilo, o corpo de Taylor sentiu um aperto no peito, talvez medo por algo de roubo em sua frente. E o engraçado que ninguém reparou, apenas o Profanador.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Baqi

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 97
Data de inscrição : 17/10/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Qua Nov 19, 2014 10:43 am

*O mundo lhe é ainda fascinante e desolador ao mesmo tempo. É impressionante o que os chimpanzés conseguiram. Erguer estruturas como aquelas por todo o globo e, ao mesmo tempo, profanar sua própria criação com atitudes vis e baixas. Eles têm um potencial imenso, para ambos os lados, e fazem questão de esfregar ambos em sua cara, na cara do mundo todo. De fato, a baixeza dos desejos da carne interessam o Faustiano Thaniel, de forma que Taylor não pode deixar de sorrir com a cantada, apesar de não dar mais bola do que isso. Ao ver que a passagem tá na conta, Taylor aproveita para colocar £20,00 no cartão antes de descer para os vagões. Passa a nota com cuidado, aprendeu com as experiências passadas de Taylor que ali é um ótimo lugar para furtos. Nota o roubo e caminha, se espremendo até o local, sempre procurando olhar para o rosto do ladrão. Ao se aproximar, se insinua sobre ele, mantendo sua bolsa seguramente fechada em sua mão. Sussurra em seu ouvido, procurando manter a voz sexy.*

-Devolva o que não é teu e Deus irá lhe recompensar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   Qua Nov 19, 2014 11:25 am


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Conteúdo patrocinado



MensagemAssunto: Re: ۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

۞ Thaniel: Arco I, Ato I: Bem-Vindo à Londres. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Os primordiais
» Chatbox netplay master v3
» Stages of Blood - Treinamento para Sátiros, Indefinidos, filhos de Hefesto e filhos de Herácles
» Lista de Armamentos
» Laboratório do Professor Elm

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Área Abandonada :: Crônicas Antigas :: ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤDemônio: A Queda :: Demon: Diabolical Mind-