InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
Top dos mais postadores
Fractius (224)
 
Baqi (96)
 
Branca (91)
 
Danto (74)
 
King Werneck (29)
 
Frazz (20)
 
Njörd (14)
 
Richard Spencer (12)
 
Narrador NYC (11)
 
Rolador de Dados (10)
 
Os membros mais ativos da semana

Compartilhe | 
 

 ۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: ۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~   Sex Nov 14, 2014 10:00 pm


☥ Londres - Enfield - Apartamento Próprio. ☥
• 17 de Dezembro de 1999, Sexta-Feira: 19h06min P.M.
•  Azrael | Stephen Bennett : Arco I, Ato I: O Demônio de Terra.



Reconquista é a palavra certa a ser dita para o Elohim chamado Azraell. Depois de milênios preso ao fosso, condenado por ter sido traidor dos reinos celestes. Junto de seus irmãos, foram presos ao Abismo, a qual é chamado de Inferno por muitos ocultistas. Sua hora e seu retorno foi de triunfo alguns anos atrás. Ao contrário de muitos irmãos Caídos que não conseguiram encontrar o seu novo hospedeiro, para conseguirem viver fora daquele lugar miserável, e ao mesmo tempo longe da coleira de Deus e de seus Anjos.

Conhecido como A Morte Negra e outras alcunhas já esquecidas pela grande aurora das eras. Seu hospedeiro é Stephen Bennett, um ex-militar com um passado bem conturbador. Era uma alma suja, diante de insanidade, mortes e incestos da mais perversa calamidade. Mas o que atraiu o Elohim ? Sim, a palavra certa foi o suspiro da morte. Em leito de quase um suicídio, aquela alma anos atrás vagando pelo mundo físico em uma das vielas atrás de um hospedeiro, já que seu corpo espiritual estava quase sendo arrastado de volta para o Abismo, então sentiste literalmente o chamado e assim foi feito a vossa vontade. Assumindo literalmente o corpo daquele pré-moribundo a qual a família até hoje não sabe deste filme na vida do ex-tenente do exército britânico.

Sabe que o Tirano responsável dos Elohim de Londres atualmente é Belial, conhecido de Príncipe Celestial, da casa Diabo e segue o idealismo dos Faustianos. Ele em hierarquia dos Caídos é um poderoso Barão Infernal. Literalmente acha ser um novo Deus, querendo trazer o bem para todos os humanos, mas este bem é aos seus olhos e um bem material, nunca é um bem verdadeiro. Azrael sabe disso. O antigo Tirano chamado de Eliel, o Asas do Destino. Um Reconciliador e era rival de Beliel. Misteriosamente há um ano atrás desapareceu, muitos acusam que foi Príncipe Celestial, mas cadê as provas ? E ele mesmo diz que é injusto quem dizer isso e se falam, não voltam para contar história depois. Com isso o resto dos Reconciliadores sumiram de Londres, faz um ano que não dão as caras. Sabe que a Pentarchy atualmente é integrada pelos Ministros dos Faustianos, Rapinantes, Luciferianos e os Reconciliadores. Este último, a representante Morgana, desde o desaparecimento do Duque, nunca mais apareceu nas reuniões. E os Ocultos, nunca tiveram em Londres um Ministro que representasse esta Facção. O neutro Elohim recebeu um chamado para todas as facções, menos os Reconciliadores depois de um ano, mas antes o próprio Eliel, nobre e bondoso tentou convoca-lo, mas na época estava nervoso e acostumando ao hospedeiro, assim preferiu ficar a sós, como vem vivendo até os dias de hoje. A três dias atrás em uma escala enorme sentiste uma enorme Evocação de alguma Doutrina, era de Alto Tormento, algo diabólico literalmente. Boatos entre outros de que algo saiu do Abismo, mas não naturalmente e de que alguém o Invocou pelo nome verdadeiro. Mas quem fez isso ? E dizem que o grande Asas do Destino retornou e os Reconciliadores estão armando alguma coisa nas sombras. Seria verdade ? Tudo isso passa de boatos, menos a atmosfera da energia de três dias como o Terrestre e os outros também sentiram. Mesma coisa as visões, pesadelos de anjos caindo do céu e antes de tocarem ao solo seus corpos virão cinzas. O céu sempre vermelho, a cor do sangue. Boatos de que uma nova guerra esta para estourar e os Rapinantes são os mais empolgados nisso, sempre querendo trazer o caos por onde passam e bem ou mal, são o maior número na cidade.

Azrael esta sentado na cadeira de seu escritório, refletindo todos os seus pensamentos e sentimentos de Stephen que agora estão bem sob o controle do Caído. Lendo as notícias em um jornal do bairro de Enfield, a qual mora e bem ao norte da cidade. Sabe que esta parte é sede de poder dos Luciferianos. Literalmente quase todo o norte são deles e sempre em busca do seu Príncipe Lúcifer, o Estrela da Manhã. Em seus desejos doentios do retorno do primeiro entre todos os Caídos. Lá esta ele, refletindo tudo do que passou esses anos nesta cidade. E muitos Elohins estão recebendo este chamado e a cidade ficando preenchida dos Caídos. Isto seria bom ou ruim para o independente ? Mas até quando ? Cedo ou tarde terá que escolher um lado, ele bem ou mal sabe disso. Mas qual lado ? Todo demônio são mais sensíveis que qualquer mortal, logo um cala-frio estranho percorre o corpo do Algoz. Algo estava errado, tempo que não sentia isso... O copo com a sua bebida predileta chega a trincar e vazar bebida sujando sua mesa e molhando o jornal. Era algo sobrenatural, sua percepção detectou isso vindo mais do centro da cidade. Algo aconteceu ou esta acontecendo. Então a imagem de sua irmã Julie, sua preciosa caçula aparece o rosto dela chorando, cheia de sangue e ele ouvia em sua mente como se a voz viesse diretamente a ele: "Socorro !" - E o copo desta vez se quebrou por completo.

O que foi isso ? Seria um aviso, algo do gênero ? Ou é apenas os pensamentos de Stephen preocupado e com saudades da irmã ? Até o famoso embrulho no estômago foi refletido. E agora, quais suas decisões ? Olhando pelo relógio, sabe que sua irmã esta de plantão no St. Thomas hospital na capital da cidade, Westminster.


Apartamento novo de Azrael.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!


Última edição por Fractius em Qua Mar 04, 2015 4:15 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Danto

avatar

Narrador
Narrador
Mensagens : 74
Data de inscrição : 04/10/2014
Idade : 25
Localização : Vitória-ES

MensagemAssunto: Re: ۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~   Ter Nov 18, 2014 8:30 pm

Azraell não pensa duas vezes ao olhar para o copo quebrado em cima de sua mesa e para seu jornal molhado, levantou-se rápidamente de sua cadeira, pegou as chaves do carro e então seguiu para o hospital onde sua irmã estaria naquele momento. O batalha interna era intensa, afinal, o amor do humano por sua irmã era forte e irracional ao ponto deles terem consumado tal amor em algumas oportunidades, Azrael preocupava-se em manter-se calmo e racional naquela situação. Afinal, ele acabou de receber uma mensagem e nem sempre todas as mensagens são perfeitamente bem intencionadas, poderia talvez existir algo a sua espera. Então, assim que chagasse, Azrael se encaminharia a recepção e pediria para falar com sua irmã.

_________________

I cried tear of love as I,
with sharp things,
sacrificed that which was the frist part of my joy,
my brother.

And the Blood of Abel covered the altar
and smelled sweet as it burned.

But my Father said,
"Cursed are you, Caine,
who killed your brother.
As I was cast out so shall you be."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~   Ter Nov 18, 2014 10:26 pm



Realmente tudo estava confuso. Já não basta tais visões dos caídos caindo em cinzas ? Agora mas esta que literalmente pareceu ser bem real. Quase que um aviso, um sentimento a qual Stephen vigora em nome de suas irmãs. Mas o Elohim sabe desta situação, entende das emoções do hospedeiro. Mesmo em alguns pontos parecerem bizarras que seus desejos é quase de 'amor' e proibido. Isso não era certo, o celestial da casa Algoz sabe muito bem.

Rapidamente se levantou da cadeira, deixando tudo para trás. Pegou as chaves do carro e aquela noite seria bem complicada. De alguma forma ele sente, pois a energia de algo ter sido usado aos redores, ele torce que não seja da irmã do hospedeiro e no hospital. Torcendo que seja apenas especulações e preocupação de Stephen. Mas para o copo ter se quebrado daquela forma, não era algo de bom.

Assim que saiu de casa as pressas, nem sabe se trancou a porta do apartamento e nada. Ao lado de fora podia sentir aquele frio, que poderia congelar a alma dos mais fortes e o inverno em Londres continua terrivelmente. Ligou o carro e partiu. A estrada estava tranquilo, poucos automóveis e transportes. Mas os Pubs bem movimentados, boates e pessoas saindo de seus serviços. O cotidiano de sempre na cidade pacata como esta. Vindo de Enfield, até Westminster, era um pouco longe, mas nada que o impedisse de chegar. Na metade do caminho saindo de Haringey, ele sente de novo aquela sensação. Agora um pouco mais forte e com mais precisão. Isso o fez acelerar cada vez mais o carro. Depois de um bom tempo, ele chega em frente ao hospital. Dentro do carro ele nota carros de polícia metropolitana principal do distrito, total de três. Sirenes, pessoas saindo pela entrada principal e dois policiais na entrada evacuando o pessoal. Como se tivesse acontecido algo, mas o quê ? Sabe que para entrar não será fácil.

Teste: Percepção + Presciência, Dif 7.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Rolador de Dados

avatar

Mensagens : 10
Data de inscrição : 05/12/2014

MensagemAssunto: Re: ۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~   Ter Dez 16, 2014 1:45 am

O membro 'Danto' realizou a seguinte ação: Rolar Dados:

'D10's' :

Resultado : 8, 8, 10, 4, 2
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~   Ter Dez 16, 2014 8:26 am



A Morte Negra podia sentir o caos literalmente rodeando no hospital a qual a irmã do seu querido hospedeiro trabalha. Agora ele podia ter certeza de que algo estava errado e vem do terraço do hospital. Ele ouve um grito agudo que transpassa todo alvoroço das pessoas saindo molhadas de dentro do hospital, feridos e outros sendo carregados. O som de alarme e até das sirenes. Aquela grito, na mente do Elohim só veio uma coisa, Julie. O Algoz como todos ali em baixo, olham para os céus, como se um redemoinho de trevas circulasse só naquele ponto e podia sentir duas forças diferentes agora. Quando saiu de seu novo lar, tinha sentido apenas uma energia estranha, agora sente duas. Uma mais fria como o da própria morte e assim como a essência do próprio Azrael. A outra é algo absurdo de alto tormento e é a mesma que sentiu quando estava em seu novo apartamento.

As pessoas ficam sem entender, com o vento gélido e bem forte que começa a surgir do nada. O relógio do outro lado da rua que marca a temperatura do lugar, do nada muda, diminuindo literalmente uns 20 graus. Até a respiração das pessoas ficam pesadas e sai o famoso ar frio. Elas ficam assustadas e até os poucos policias que estão ali, pois a maioria esta saindo aos pouco ajudando outras pessoas junto dos bombeiros e o caminhão vermelho esta ali próximo da esquina. Uma espécie de rugido de um monstro ecoa por todos os lados, mas ele sabe que aquilo veio do terraço do lugar. Com sua ótima percepção do sobrenatural ele sente vindo por detrás dele cinco coisas se movendo, estão invisíveis aos olhos dos mortais e até aos dele. Ele sente que estão trilhando pelo caminho dos mortos.

Azrael não tem a doutrina dos Espíritos, mas sabe que algo esta ali e se aproximando. E como se o que estiver vindo sentisse que o Elohim sabe que eles estão próximos, algo surgiu no fundo do cenário, ao lado de uma árvore. Era um garotinho, branco demais, usando as vestes da época do ano de quarenta e puxando na cordinha um caminhão feito de madeira. Ele tenta dizer algo, mas de sua boca apenas sai água e mais água. Mais ele aponta com o dedo indicador para o terraço do hospital e pisca três vezes aparecendo do nado no meio da rua e depois pisca de novo e desaparece. Ele sente como se algo frio passasse por ele. Um som de explosão vem do teto do lugar e junto uma gargalhada bem diabólica representando o mais cruel das realidades existente naquele munto. O que fará agora o famoso Morte Negra ? E o que esta acontecendo... ?


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Conteúdo patrocinado



MensagemAssunto: Re: ۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

۞ Azrael: Arco I, Ato I: O Demônio de Terra. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Lúcifer Estrela da Manhã: Um conto de Demônio o preço do poder
» [Ficha] Azrael
» Histórico e Aspirações - Azrael
» DEFCON 4: Eram os demônios astronautas?
» Poderes e Habilidades dos Filhos de Deméter

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Área Abandonada :: Crônicas Antigas :: ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤDemônio: A Queda :: Demon: Diabolical Mind-