InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
Top dos mais postadores
Fractius (227)
 
Baqi (97)
 
Branca (91)
 
Danto (74)
 
King Werneck (29)
 
Frazz (20)
 
Njörd (14)
 
Richard Spencer (12)
 
Narrador NYC (11)
 
Rolador de Dados (10)
 
Os membros mais ativos da semana

Compartilhe | 
 

 ۞ Rio By Night. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 31
Localização : Salvador

MensagemAssunto: ۞ Rio By Night. ~    Sex Jul 24, 2015 2:15 pm


"A famosa cidade maravilhosa e ao mesmo tempo do pecado."

Dia inteiro de prazer
Tudo que quiser eu vou lhe dar
O mundo inteiro a seus pés
Só pra poder te amar
Roubo as estrelas lá no céu
Numa noite e meia desse sabor
Pego a lua, aposto no mar
Como eu vou te ganhar.
(Uma noite e meia)
(Virando sereia)

─ Claudinho & Buchecha, "Uma Noite e Meia"

Rio de Janeiro: um retrato da sociedade brasileira pintada em tons intransigentes. 13 milhões de pessoas vivem aqui na cidade mais bela do Brasil, a terceira maior metrópole da América Latina. Uma vez sendo o capital político e cultural da nação, Rio ganhou notoriedade mundial como a capital da violência e do carnaval.

Cada elemento do sistema social brasileiro está presente na "Cidade Maravilhosa": instituições políticas corruptas; miséria subumana lado a lado com incrível riqueza de vida; lordes do crime desafiando a lei, transformando favelas violadas pela pobreza em seus próprios feudos pessoais. Crianças de rua, fugitivos ou abandonados, sobrevivem com as migalhas que eles retiram do lixo dos complexos de condomínio de luxo em Ipanema e Copacabana, a sua existência reconhecida somente quando frustrada, alvejados por policiais mal pagos. Enquanto isso, playboys ricos subornam as autoridades para ignorarem suas transgressões enquanto dirigem o carro do papai sem licença e compram cocaína nas favelas que cobrem as encostas da cidade.

Nessa turbulência fervente da beleza e depravação, vampiros vêm de todo o mundo, em busca de refúgio contra a política mortal da Jyhad. O Rio tem uma longa reputação como um refúgio grátis. Na verdade, mesmo a Mascara no Rio tornou-se obsoleta. Afinal, em uma cidade cuja infra-estrutura urbana há muito tempo já entrou em colapso, onde o reinado da suprema ilusão e exagero é a norma, quem acredita em vampiros? Para muitos membros cansados de suas batalhas, O Rio parece quase bom demais para ser verdade.

Atrás do brilho da liberdade, no entanto, encontra-se um sistema opressivo e obscuro. Trevas permeiam a organização da sociedade dos membros na cidade, escondido atrás dos muros, encolhendo os ombros e sorrindo para seus habitantes. Geograficamente, o Rio é espremido entre as montanhas e o mar, protegida por rochas que apontam para o céu e mergulham nas profundezas do oceano. A cidade é realmente maravilhosa, mas apenas a certa distância. Sob a elegância da cidade encontra-se a corrupção. Sua liberdade é uma mentira; sua beleza, a promessa do indescritível sorriso de uma prostituta menor de idade. Os desordeiros vivem em uma festa eterna; as lâminas de barbear que eles usam, brilham na escuridão. A cidade acolhe a todos com os braços abertos da sua famosa estátua do Cristo Redentor, mas prudência é aconselhável, pois a visão do Pão de Açucar pode ser a última visão de um vampiro incauto antes de encontrar a morte final.

O Rio de Janeiro Punk-Gótico não é muito diferente da Cidade Maravilhosa do mundo real. Durante séculos, a capital do Brasil, bem como a cidade mais importante do país, o Rio hoje não é nenhum dos dois. Sua aplicação está em desordem, a sua infra-estrutura urbana na fase terminal de um colapso. Caos Arquitetônico e planejamento urbano em geral dão um ar de incompetência casual para a cidade. Fraudes perpetradas por membros e gado afundam igualmente a cidade na decadência e são camuflados com inépcia. Mas, realmente, quem se importa? O gado podem uivar de fúria durante aqueles raros momentos em que a corrupção rola para a superfície como um cadáver apodrecido emergindo do fundo de um rio, mas esquecem a sua indignação com a glória da vitória do futebol barato da próxima semana, no máximo escrever um samba sarcástico sobre o incidente. A atitude popular de descuido e alegria é a verdadeira alma da cidade; este é o caminho das massas mortais para lidar com sua própria miséria e alienação.

Visto de longe, talvez a partir do pé da estátua do Cristo Redentor no Corcovado, o Rio é uma das cidades mais belas do mundo. Aninhada entre as montanhas como o berço de Deus, abraçado pelo mar, a cidade ainda evoca imagens exuberantes da década de 1930 que os cassinos e resorts da cidade já emanaram. De perto, no entanto, a deterioração é muito mais evidente. Moradores de rua se amontoam nas portas das ruínas de casas em estilo francês da época do Império. Seus casinos elegantes foram impiedosamente demolidos para dar lugar a condomínios de frente à praia. Crianças abandonadas dormem nas praias, lavando-se nas águas poluídas da Baía de Guanabara e predando turistas incautos.

_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!


Última edição por Fractius em Sex Jun 02, 2017 10:23 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 31
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Rio By Night. ~    Sex Jul 24, 2015 2:46 pm


"Um pouco sobre a cidade maravilhosa."

O clima da cidade é uma eterna antítese. Nada no Rio existe no meio termo: há os desesperadamente pobres e os podres de rico; brutalidade e ternura; originalidade e decadência; violência cega e tranquilidade zen. Os vampiros e humanos cariocas são da mesma forma apanhados em um ato de equilíbrio constante entre esses extremos. Se imaginarmos a existência nos Estados Unidos ou na Europa como uma ciência, no Brasil deve ser visto como uma arte. Não há nenhum set, ou regras fixas; tudo está sujeita a alterações, ao sabor do destino.

O Rio é composto de partes iguais de ilusão e realidade. Mentiras e verdade, amor e ódio, beleza e decadência; tudo coexiste em contradição, geralmente sem entrar em conflito. É muito difícil determinar exatamente onde a fantasia termina e a realidade começa.

Há uma sensação flutuante de desapego em meio á realidade terrível, como caminhar através de câmara fria de um açougueiro enquanto se fuma ópio. No Rio, Malkavian são bem ajustados, Ventrue esbanjadores, Brujah conservadores, Toreadors baratos e berrantes. O Sabbat é descontraído. Assamita possuem lojas de roupas de sua terra natal.

No Rio estão presentes:

- Favelas imundas ladeadas por montanhas cobertas de selva;

- Pessoas acordando ao som de trocas de tiro entre bandidos rivais com milícias armadas;

- Edifícios de escritórios Hiper-modernos que sofrem de constantes apagões;

- Crianças de rua que vendem lixas de unha descartáveis para mulheres chiques, quando seus carros modernos são parados pelo sinal.

- O ditado, "Para os meus amigos qualquer coisa, para os meus inimigos, a lei.".

- A estátua do Cristo Redentor observando os atos mais bárbaros com os braços estendidos em sinal de perdão;

- Prostitutas de doze anos;

- Todo mundo faz negócios por celulares; especialmente os criminosos;

- Onde quer que você vá para o centro, você pode sentir o cheiro de urina humana, muitas vezes misturado com o cheiro de perfume Americano dos transeuntes chiques que passam;

-Sangue rico e tentador, talvez o mais saboroso do mundo, contaminado com AIDS e Meningite;

O contraste sempre existe entre o excesso da cidade, da vitalidade e a existência dos personagens mortos-vivos. Aqui a vida parece tentadora em todos os momentos, e em última instância, inalcançável. Embora isso faça parte do charme do Rio de Janeiro, eventualmente, pode tornar-se outro elemento do inferno pessoal das pobres almas dos condenados; um lembrete constante e tentador do que eles deixaram para trás e nunca podem recuperar. Banho de sol é o principal esporte de espectador no Rio de Janeiro. Surfistas bombados e mulatas de corpo escultural, de biquíni fio-dental exibem-se nas praias e flertam nos bares em dias quentes e ensolarados.




"Guerra está se formando e pessoas inocentes podem muito bem serem sugadas para dentro do turbilhão."


Ao mesmo tempo, a cidade ainda mantém um certo calor e, pelo menos, a ilusão de liberdade. Seus membros parecem mais abertos e menos prejudicado pelas restrições da Máscara do que os vampiros de outras cidades. Mesmo no meio de uma guerra, ainda existem lugares de paz e tempo para reflexão. Embora seja fácil para os incautos serem pegos pelo sol brutal, recuperar sua humanidade também é possível. Para aqueles que a procuram, o Rio oferece oportunidades sem iguais para alcançar Golconda.

Nenhuma das principais facções deseja ver a reputação do Rio em ruínas. Muito dinheiro é feito a partir da passagem dos membros e gado pela região, especialmente durante o Carnaval. As estruturas de poder de quase todos os principais jogadores da região seria totalmente destruída se as notícias se espalhassem sobre alguns dos mais desagradáveis segredos da cidade. Apesar da enorme simpatia dos cariocas, Membros estrangeiros terão um tempo difícil descobrindo o que realmente está acontecendo, especialmente se eles não falam Português (que, vamos encarar, não é uma linguagem muito popular ).

O Holocausto no paraíso é, portanto, o tema principal de "Rio by Night". Extremos de violência e prazer se alternam em uma velocidade estonteante. Seria o Rio a abertura para a salvação ou um grande campo de batalha da Gehenna? Ou, como o título do filme famoso de Orson Well sobre a cidade sugere, "É Tudo Verdade"?

No início, a cidade se parece exatamente o que o médico sugeriu; pessoas amigas em um paraíso tropical longe dos esquemas da Jyhad. E daí se a maioria do mortais vivem na miséria? Há pessoas de rua em Chicago, também, certo?!

_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 227
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 31
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ۞ Rio By Night. ~    Sex Jul 24, 2015 3:04 pm

SOCIEDADE MORTAL

Rio de Janeiro está sitiado por uma série de problemas que vão desde a decadência pós-industrial até o ressurgimento de doenças típicas da Idade Média. Apesar de tudo isso, a paisagem e os habitantes do Rio de Janeiro são tão exuberantes que recém-chegados ainda são facilmente seduzidos pela cidade. Somente depois que o brilho do primeiro contato mágico se esgotou, os visitantes começam a perceber que esta vasta metrópole está caminhando para o caos.

Como ex-capital do Brasil, o Rio ganhou renome internacional como uma cidade de beleza e prazer. Esta aura começou a desvanecer-se, no entanto, em 1960, quando o governo federal mudou a sua sede para Brasília. Hoje a reputação da cidade está mais do que meramente manchada; a grande disparidade entre os ricos e os pobres criou uma situação explosiva. A beleza natural do Rio de Janeiro, e sua reputação como um paraíso turístico estão em desacordo com o seu comércio de drogas, sequestro e violência urbana. Mundos radicalmente diferentes coexistem e por vezes se chocam. De um lado, os imensamente ricos, do outro os absolutamente destituídos, ambos convivendo na mesma rua; o contraste é tão inevitável quanto o conflito.

O Rio é uma cidade em guerra consigo mesma. Imigrantes rurais, que procuram escapar da pobreza implacável do campo, sucumbem no Rio depois da virada do século, ocupando a única terra disponível para eles. As massas recém-urbanizadas cobriram os topos e encostas das montanhas subdesenvolvidos do Rio de Janeiro com favelas; favelas precárias que carecem energia elétrica, água e esgoto. Com o passar das décadas, o governo municipal fez o que pôde para ignorar a presença das favelas, negando-lhes sistematicamente qualquer voz em assuntos urbanos, bem como ajuda na melhoria das suas vidas desesperadas. Durante o Regime Militar, entre 1964-1984, Criminosos comuns foram presos lado a lado com terroristas urbanos treinados. Estes últimos ensinaram seus colegas estratégias de luta armada, dando origem a facções criminosas que governam a cidade a partir dos morros e de dentro de suas prisões.

Senhores do crime do Rio de Janeiro estabeleceram uma estrutura de poder paralelo nas favelas da cidade. O Estado sempre deixou os favelados à sua própria sorte, e o tráfico de drogas ocupou o espaço da segurança social. Um menino de 13 anos de idade pode ganhar R$ 500 por semana agindo como os olhos e ouvidos de traficantes que enriquecem com o sangue que rola no mercado negro. Eles empinam pipas ou atiram fogos de artifício de acordo com um código, advertindo seus empregadores da chegada de policiais. Guerras de gangues nas favelas tornaram-se frequentes. A prefeitura tradicionalmente tem ignorado esses assuntos sangrentos. Recentemente, no entanto, os tiroteios começaram a afetar a classe média, como balas perdidas atravessando as janelas dos apartamentos elegantes que fazem fronteira com as favelas. O governo da cidade pode não ouvir os favelados, mas precisam sentar e tomar nota quando os contribuintes reclamam.

O crime organizado e o governo vivem nos bolsos um do outro no Rio, sobretudo após seus ex colegas de cela terem subido á presidência. Muitos vereadores e senadores estaduais devem suas posições ao dinheiro e as armas da máfia do tráfico.

As autoridades são duramente pressionadas para encontrar soluções rápidas para a guerra civil não declarada que estão destruindo o Rio. A grande maioria dos funcionários públicos da cidade, no entanto, são indiferentes ao sofrimento de seus constituintes ou participaram ativamente na grande orgia de saques públicos organizados, que  transformam a Prefeitura em um barril de pólvora prestes a explodir. Vários anos de escândalos envolvendo subornos e corrupção deixaram os cidadãos com nenhuma fé nos líderes da cidade.

O restante do Brasil começou a ver a cidade com uma certa quantidade de medo. Segundo a tradição, tudo o que acontece no país mostra primeiro sua cara no Rio. Brasileiros tornaram-se temerosos da "Cidade Maravilhosa" como um farol indesejado do futuro. Ainda assim, nas favelas à coberturas, os moradores da cidade compartilham muitas coisas, incluindo a informalidade profunda e uma intensa alegria da vida, não importa o quão desesperada. Esta é, talvez, uma medida de resiliência do Rio de Janeiro que esta atitude molda o comportamento social carioca mortal, mais do que a pobreza e a violência da cidade.


SOCIEDADE DOS MEMBROS

Os Ventrue, Brujah e Toreador, que controlam o que sobrou do funcionalismo carioca, estão em um dilema. Eles não possuem quase nenhum controle sobre grande parte da cidade e veem o seu domínio constantemente desafiado pelo Sabá e uma população crescente de Anarquistas (Caitiff), negociando intensamente com seus vizinhos e ignorando, tanto quanto possível os "poderes constituídos" . A crise atual tem assustado os membros mais tradicionalistas da Camarilla, que acreditam que o caos marca o início de uma era de trevas dominada pelo Sabá. Estes anciões recentemente tem forçado os Ventrue, Brujah e Toreador para chamarem seus aliados restantes em outris estados para ajuda.

O resultado dos pedidos Ventue foi a Operação Rio. O Governo Federal enviou o serviço militar, confiando no Exército o poder da polícia, o problema é que eles são mal equipados e a corrupção já se alastrou em seu meio. A situação vem se tornando caótica, moradores devem mostrar I.D. para entrar ou sair de seus bairros.

Alguns poucos membros sussurram que existe uma força mais profunda à espreita por trás de tudo o que está ocorrendo. Se isto é verdade, no entanto, quem ou o que está inspirando o nível sem precedentes de caos na cidade, continua a ser um mistério.

_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Conteúdo patrocinado



MensagemAssunto: Re: ۞ Rio By Night. ~    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

۞ Rio By Night. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Big Apple (Nova York by Night) - O Conto da cidade Vampirica .
» New Jersey by Night - Projeto Paradoxo
» New Jersey By Night - Tempos de Loucura
» [ÁLBUM] Troye Sivan - The Night is Timeless
» New York by Night - O Segundo Movimento

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Reino dos Jogos :: Consilium - Storyteller :: ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤVampiro: A Máscara :: Detalhes da Crônica & Regras-