InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Últimos assuntos
Top dos mais postadores
Fractius (224)
 
Baqi (96)
 
Branca (91)
 
Danto (74)
 
King Werneck (29)
 
Frazz (20)
 
Njörd (14)
 
Richard Spencer (12)
 
Narrador NYC (11)
 
Rolador de Dados (10)
 
Os membros mais ativos da semana

Compartilhe | 
 

 ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Seg Ago 24, 2015 11:23 pm


☥ Rio de Janeiro - Bairro de Botafogo - Mansão | Refúgio da Rosa Solitária ☥
• 05 de Fevereiro de 1999, Sexta-Feira: 21h21min P.M.
• Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder.



A situação ficou tensa em relação aos vampiros presente no enorme salão principal da mansão de Branca. Caio como Ductus dos Juízes Cariocas estava tomando a frente do seu bando.  Ouvindo cada palavra direta, mesmo com uma voz tão tocante por sua perfeição. Sua beleza, sua "pureza" lhe proporcionava o prazer de mesmo errada, as pessoas vão crer de sua inocência. Após ouvir as primeiras palavras da Toreador, todos olham freneticamente para a cainita e então o líder responde em português:

─ Então você é a única que sobrou do bando. O verme do Pierre sumiu por dois anos e você nem tem ciência de onde aquele louco se meteu, certo? Zé Pilão ? Não conheço, mas se ele era o seu homem na comunidade e ainda tiver vivo, faça contato com o alimento. E me deixe informado, certo ? Eu vou deixar avisado à um dos Bispos da minha seita sobre sua situação. Para ver se iremos puni-la ou não. Pelo fracasso do Malkavian e de sua incompetência. Já que não se afiliou diretamente e nem passou pelos ritae de apresentação. Seu bando é literalmente nômade, não era oficial de nós Espadas. Mas... se prometer recuperar a comunidade, poderá ter a chance de redimir do fracasso alheio. -

Ele voltou a cruzar os braços, logo continuou ouvindo-a e ela nota totalmente a grosseria alheia como se fosse o dono de toda a cidade. Mas, bem ou mal é o Sabá mesmo que controla tudo que envolve o crime e politicagem. Ela sente o celular vibrando, com o sentido de mensagem. Ela não gosta muito de aparelhos eletrônicos, mas aprendeu a ligar e ver mensagens. não é tão difícil, mas ela acha que não é muito seguro e talvez ela tenha razão. Então Caio finaliza com um sorriso de canto de boca e descruza os braços colocando suas mãos aos bolsos da calça:

─ Capoeira não tenho ainda a informação certa. E que se foda ele, espero que tenha virado peneira. Tanto pela incompetência ou por traição. Colocaremos outro no lugar. E agora eu finalizo, pois tenho assuntos importante com outros bandos. Vai se afiliar de vez e assim ser reconhecida na seita ou não Branca !? Espero que seja sabia em sua resposta. Pois acidentes... podem virar cotidiano aqui em Botafogo. Mas, se realmente estiver ao nosso lado, após sua reconquista, você terá a honra em ter o meu apoio. E logo, voltará a vender suas armas, é todo mundo sai ganhando. Em breve entro em contato, para saber sobre sua punição, torça para que não tenha. Não toleramos fraca... Você já sabe. Tenha uma boa noite boneca e se cuida. Vamos nessa galera ! -

Todo arrogante, sem o sorriso ao rosto e olha seriamente para Branca. Ela até pode notar o leve brilho avermelhado ao rosto do vampiro. Os outros apenas observando com expressão de poucos amigos, desta vez incluindo até o "simpático" de antes de nome Pietro. As coisas estão literalmente embolando como uma bola de neve para a não-vida da cainita. Que só quer sua independência e agora se envolvendo literalmente em intrigas que não faz questão. Pierre, onde está você ? E o que ele realmente fez por de baixo do pano ? Quem sabe o escritório poderá revelar suas dúvidas. E quem mandou a mensagem...


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!


Última edição por Fractius em Sex Jun 02, 2017 10:09 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Ter Ago 25, 2015 12:57 am

A palavra punição me faz subir levemente o cenho. Punida por quê? A incompetência foi deles... Eu só repassava as armas. E era o que Pierre fazia também pelo que pude entender... Com a parte de que ele era filiado e não nos contou nada. Se eu não sabia, nossas crias teriam sabido? Talvez ele tivesse contado apenas para as crias dele. Desgraçado! Por mais que eu o amasse, fico muito indignada com a posição que ele me deixou. O sabá perde o controle do morro e perderam morro... E foram traídos a culpa não é minha. Meu homem do morro era o Zé. Eu teria acrescentado a parte de que a incompetência não era minha. Mas receio que atingiria o ego daqueles homens. Apenas ouço as suas últimas palavras.

Me despeço na minha língua paterna. E em português peço o contato dele. Mentalmente o xingo de qualquer coisa que lhe caiba. Os modos grosseiros me incomodam bastante. O tipo de gente que Pierre se envolveu me deixa muito chateada. Não me imagino passando por ritual ou algo assim e ainda por cima me coligando a assuntos que não me interessam. Sempre evitei contato direto com outros vampiros que não fossem minha crias, as crias de Pierre e ele.

Me sento numa cadeira da sala, cruzando as pernas. Havia ter uma plano para me sair daquela situação. Mesmo que fosse recrutada pelo sabá e estava sendo obrigada a tanto, queria minha independência. Não me vejo andando com tipos como aqueles e sequer tratando com aquela laia.

Desgostosa faço uma cara de nojo. Pierre tinha muitas explicações a me dar. Não seria "punida" por conta dele. Chego a duvidar que ele me amasse como eu o amo e sinto aquela vontade horrível de chorar, do mesmo jeito que chorei quando ele me deixou. Quando dou por mim, sinto a gota de sangue pingando no vestido. Com raiva quebro um dos bibelôs próximo a mim.

Pego o aparelho eletrônico e olho para ver o que tem na mensagem. Depois ligaria para o delegado, tentaria novamente Zé e por fim, descobriria os segredos no escritório.


_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Qua Ago 26, 2015 10:05 pm



Caio se vira para ir embora e passa por seus companheiros. Sempre com aquele ar ameaçador e expressão de poucos amigos. Em seguida Pietro desenha um sorriso e afirma com a cabeça para Branca e segue logo atrás do negão que ao abre a porta com violência e sai do aposento da Toreador. Depois Serginho sai logo atrás de Pietro. Por fim, Miguel caminha até a belíssima mulher que estava pensando em vários tipos de palavras hostis em relação ao arrogante do Ductus. Ele retira um papel do bolso de seu jeans e entrega a ela dizendo:

─ Esse telefone você nos acha. Até mais... -

Sério apenas afirma com a cabeça e sai por último "batendo" a porta. Agora ela em fim livre destes grotescos cainitas e assim ela se senta. Lembranças sobre Pierre deixa marcas aos sentimentos de humanidade ainda presa da rosa branca do Rio de Janeiro. O líquido rubro escorre lentamente de seus perfeitos olhos, tocando a brancura de seu vestido, deixando-o marcado pelo sangue vampírico. Soltou sua raiva, um dos bibelô se choca ao chão se espedaçando. Mesmo desconcentrada, nota os passos rápido vindo do andar de cima e sem olhar ela sabe que se trata de Marcos. Além que sabe que o mesmo parou no meio da escada ao ponto de talvez tenha visto sua situação e ficou ali observando sem perguntar algo para não levar patada da cainita. Celular de Zé só da desligado ou fora de área. Já do policial apenas ocupado. E por último nota a mensagem, vindo de um número desconhecido dizendo a seguinte mensagem:

"A polícia invadiu madame ! Consegui escapar, achei esse celular aleatoriamente pela favela e sorte que gravei seu número de cabeça ao fato de sempre te ligar. Estou a caminho do complexo da Mangueira. Bem longe para não ser procurado. Estou as ordens... Zé Pilão"

Talvez seja o início de uma solução ou nem tanto. E o complexo da mangueira é Zona Norte, bem longe mesmo da Zona Sul, onde encontra-se Branca. E agora, por onde proceder e começar sua retomada ? Sozinha, sem apoio de ninguém na cidade, apenas mortais e um pouco da politica em questão de seu outro carniçal, George. Já o pai americano do rapaz tem bastante influência na cidade e a Toreador sabe que ele cuida de Automação, um empresário sucedido e por sinal vem a concorrer a Vereador este ano. Eleições só meio do ano. Parece uma ligação mental, a porta principal se abre novamente e quando os olhos avermelhados de Branca se inclina para ver quem seja, nota ser seu lacaio. Usando uma calça jeans, tênis da marca Nike, uma blusa vermelha da ciclone em detalhes em branco, um cordão todo de prata e um relógio caro de marca ao pulso. E entra olhando para trás reclamando sozinho com algo lá de fora. E nas costa uma mochila preta. Fechou a porta e caminha para o salão a qual ele nem notou ao canto sua senhora aos prantos e pensativa.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Qua Ago 26, 2015 10:25 pm

Fico aliviada que Zé Pilão esteja vivo. O rapaz era esperto e sagaz. Pelo visto teria que conviver om o sabá na minha cola. Haveria de me conformar algum dia... Ou não.

A chegada de meu carniçal me tira do desalento. Evitaria pensar em Pierre por enquanto... Limpo o rosto com a manga da roupa. Não era incomum que eles vissem as manchas de sangue aqui e ali em minhas vestimentas. Chorei muito por Pierre nos últimos dois anos.

Sinto meu rosto limpo novamente. O sangue no tecido não me incomoda.

- Já estava a me perguntar por onde monsieur andava. Pretendia entrar em contato contigo.

Me levanto e assumo a minha pose serena.

- A esta altura deve saber que temos problemas em nosso território. Acrescento que é mais grave do que poderíamos imaginar. Espero que neste momento algumas ideias boas de solução rondem a sua cabecinha.

_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Seg Ago 31, 2015 11:41 pm



George toma literalmente um susto quando a belíssima rosa solta sua perfeita voz ecoando por todo o salão. Ele percebe ela suja de sangue, após ter se limpado. Ele se aproxima tranquilamente e ela sente Marcos vindo do outro lado descendo a escada principal da mansão. O recém-chegado comenta:

─ Fiquei sabendo senhora. Foi maior trabalho para chegar aqui. Parece que Botafogo parou por completo. Fiquei sabendo da invasão da polícia, mas também os idiotas assaltaram na rua e ainda queimaram o ônibus. Dizem que um passageiro não saiu ai fudeu tudo. Soube que até o Bope subiu junto da P.M... E aqueles caras que sairam daqui agora, quem eram? O negão antes de entrar no carro ficou me encarando com os olhos e não gostei... Quase mandei ele tomar naquele lugar. Abusado... E porquê você esta sangrando, eles fizeram algo a ti? E o Zé, foi preso ? Não consegui ver o resto da reportagem porquê estava no carro vindo para cá. -

Ele repousa a mochila em cima da mesa, sentindo o seu corpo mais leve e se senta ao lado dela. Logo ele percebe também Marcos chegando, apenas olha sem dizer nada e ignora. Bem ou mal rola um ciume entre os dois em relação a bela Branca. Eles não se batem bem, mas quando a Toreador pede algo aos dois, até que trabalham bem juntos e ao mesmo tempo um querendo sempre ser melhor que o outro.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Ter Set 01, 2015 12:06 am

- Témes problémes. Aqueles homens eram parte do problema e talvez da solução George.

o sotaque sai carregado mais do que gostaria.

- Tomaram o morro... Zé conseguiu fugir... Temos que resolver esse problema urgente ou não teremos como prosseguir o nosso negócio. Eu desconfio que, na verdade é quase uma certeza... O Santa Marta foi tomado por inimigos. Talvez alguém tenha traído o esquema das pessoas para quem vendemos o nosso produto. O problema George é que os nossos consumidores eram aqueles que saíram a pouco. E são perigosos... São dos mais perigosos da minha espécie. E por algum motivo a culpa também é minha... Sabe como funciona, quem rasga o cu passa a bola para frente e culpa o outro... Uma coisa leva a outra. Eles perdem o morro e nós perdemos nosso mercado. Não podemos perder o nosso reduto de dinheiro.

Suspiro chateada. O tom de voz ao proferir as palavras era calmo, porém ressentido. Que coisa terrível Pierre havia me metido! Eu precisava de aliados, mas do que tinha agora e ainda assim não seriam suficientes. Esse problema com o sabá leva a camarilla... Estava pisando em um terreno escorregadio e ainda desconhecido por mim. Precisava de muita cautela.

- Precisamos encontrar uma solução para o problema. Claro que será um plano bem pensado. O morro agora é da facção contrária ao dos nossos parceiros, os "educados" senhores que você acabou de conhecer. São tão perigos quanto. Estou sendo realista contigo, mon cheri. Não gosto de floreios nesse tipo de situação e talvez sendo direta, você tenha alguma ideia brilhante.

_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Dom Set 06, 2015 11:31 am



George ficou apenas pensativo sobre a situação e diante das palavras da belíssima mulher de cabelo louro tão claros como os raios ultravioletas do sol. Logo ele diz para sua senhora:

─ Parece que complicou mesmo... Realmente não sei o que fazer. Deixe-me pensar... você disse que o morro foi tomado por outros como a senhora... certo ? Mas como assim os educados ? Não entendi isso... Será que talvez saber quem lidera lá e a senhora manter os negócios ? Ou possam até querer eliminar nós... Esquece, é bem perigoso... -

Então uma outra voz ecoa por detrás. É de Marcos que em um semblante diz:

─ Senhora, talvez eu tenha uma solução... Antes da partida do senhor Pierre, ele me deixou algo de quando visse a senhora nesse estado de desespero para lhe dar. -

George olhou meio surpreso vindo diretamente do capoeirista. Então Marcos se aproximou e retira algo do bolso e entrega para Branca. Parece uma caixa pequenina embrulhada como presente e um laço vermelho. Logo o carniçal completa dizendo:

─ Ele disse que confiava em mim e deixou comigo para entrega-la em um momento como esse. Sempre desejei entregar antes, mas não conseguia. -

George se ergue da poltrona e se aproxima curioso e pergunta:

─ Vai abrir...? Estou curioso... -

O que deve ter dentro ? Parece uma caixa retangular a qual da cordão de presente. Para a cainita é bem leve, aparenta esta vazia pelo peso.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Seg Set 07, 2015 11:51 pm

- Sim, não seria má ideia saber quem é o cabeça da operação de lá. Mas não acho que eles sejam acessíveis a mim.

Se Pierre era mesmo integrante do Sabá... Indiretamente eu estava ligada a eles. Não sei que tipo de informação a Camarilla poderia ter sobre mim. Precisava averiguar.

- Quando eu disse educados, me referia aqueles que saíram. E isso eles não são, cherrie. Podemos investigar e ter informações mais precisas e decidir, depois de analisar com calma a melhor abordagem...

Enquanto respondo calmamente a George, Marcos fala algo inesperado. Olho espantada para o jovem. Pierre me deixou algo e durante dois anos ele guardou? Fico tão espantada ao ponto de não saber o que responder. Abro a boca para falar alguma coisa mas nada digo. Fico calada enquanto recebo o pacote das mãos do homem.

Pego no objeto imaginando o que ele havia me deixado. No fundo só desejo que não seja algo inútil. Já bastava para mim todos os problemas em que ele havia me deixado!

Pego a caixa delicadamente, pouso sobre a perna e abro.

_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Sex Out 30, 2015 11:59 pm



Realmente todos foram pegos de surpresa. Até George se levantou e foi até sua senhora. Marcos já ao lado só esticou o corpo para ver quando Branca "retirou" a pequena caixa das mãos grandes do capoeirista. A Toreador pode sentir o cheiro da caixa velha, um humano não poderia sentir este odor, mas uma cainita experiente como ela, sim. Ao retirar o laço vermelho e abrir a caixa, ela nota dois papéis pequenos e dobrados. O primeiro tem uma numeração que é de um telefone e um nome escrito "Selva" em baixo. E o outro esta escrito: "Se esta lendo este bilhete, significa que esta precisando de ajuda minha Branca. Tive que fazer coisas para deixar fora de todos os problemas que infelizmente me meti. Tanto ao sangue e fora dele você moveu minha não-vida. Ao seu lado, você me fez sentir um humano e ao mesmo tempo um monstro. Eu agradeço por tudo, espero nos vermos em breve. De seu amor, Pierre."

Essas palavras fez o sentimento da rosa se aflorar, ela reconhece a caligrafia do Malkavian e como se ela o sentisse ao tocar aquele pedaço de papel. Mesmo ela não querendo, sua arte de Auspícios acaba impregnando o sentimento de Branca e ao ler como se ela estivesse de pé no escritório ao lado dele vendo escrevendo ao vivo e após colocando na caixa. O mais incrível é o baque de que ele vira o rosto para a Toreador e sorrir dizendo: "Vai ficar tudo bem, eu prometo." Quando pisca o olho lá esta ela olhando para o papel sentada no mesmo lugar e sentindo seu belo rosto perfeito como de uma boneca de porcelana aquele líquido carmesim escorrendo novamente de seus olhos. E seus dois carniçais curiosos com o que ela leu e que número é aquele ? E de quem?


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Sab Out 31, 2015 3:59 pm

Desde o momento do anuncio de Marcos as ações se tornaram de prender o folego. Se meu coração ainda fosse vivo, estaria mais quente agora. Ajo como uma boneca nas mãos de uma criança. Ela a letra dele, a caligrafia desenhada e fina, daquelas mãos que era tão aristocráticas. Eu sempre tive a certeza de que ele não havia me abandonado, meso que por vezes duvidasse e agora tinha certeza que ele me amara e amaria até o fim de nossos dias imortais.

Leio e releio tantas vezes possa. Posso revê-lo ali, sempre tomando conta de mim. Quem precisava temer o resto das criaturas que fossem quando se tinha um sentimento daquelas a seu favor? Eu sempre poderia tudo, desde que houvesse a centelha de que ainda alcançaria aquelas mãos um dia. E aquelas olhos... E aqueles cabelos sedosos e macios que eu tanto gostava de acariciar.

Mais uma vez eu desperdiçava algumas gotas de sangue com lágrimas. Dessa vez era de felicidade e amor. Beijo o papel e o abraço, como se abraça-se o amado que a redigira.

Me recomponho e olho para os números, ainda tremula disco os números no telefone. Seja o que fosse "Selva" Pierre estaria no fim, me aguardando.

_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Dom Nov 01, 2015 11:58 pm



Tudo estava turvo para a mente de Branca. Sua renda mensal, de uma noite para outra rapidamente foi tomada por outros. Santa Marta aparentemente foi ocupada pela polícia do Rio de Janeiro. Agora é saber como dá volta por cima e será possível? Talvez a Toreador tenha uma carta na mangá. ─ Após a "premonição" e a leitura do bilhete, não apenas a memória, mas os sentimentos da cainita afloraram novamente. Algo a qual nem ela imaginava ainda ter dentro de si. Ainda é o vestígio da humanidade? Nem ela saberá responder suas próprias perguntas.

Os dois carniçais da belíssima mulher apenas olham em um tom de preocupados. Não é pena de Branca, mas eles sentem que algo abateu a mesma e preferiram ficar em silêncio esperando ela dá suas conclusões. Tanto Marcos e George erguem as sobrancelhas ao vê-la beija e abraça o papel. Continuam em silêncio. Seus olhos cristalinos observam seus lacaios e agora o número com o nome "Selva". Quem é? E o que significa essa palavra? Marcos disse que o conteúdo desta caixa iria ajuda-la quando precisa-se. Será verdade? A qual o propósito de Pierre deixou em mãos do carniçal é verídico? Sem pensar, seus dedos foram até o aparelho chamado celular e discou. Então começou a chamar e após seis toques uma voz masculina, jovial e desconhecido para Branca:

─ Alô... quem é? -

Ficou aquele silêncio, pela audição boa da Toreador consegue ouvir um som de água, como se fosse o bater das ondas de mares. É possível que o indivíduo está perto do mar, ou é apenas outro som de um ambiente. A voz do outro lado espera uma resposta.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Seg Nov 02, 2015 7:45 pm

- Alô. É da "selva"? Me chamo Branco... Estou ligando... Pierre me deixou este número.


A voz sai meio sumida. No fundo eu desejava que a voz fosse dele.

_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Ter Nov 03, 2015 10:28 pm



Branca tentava burlar uma voz "masculina", aparentemente seu disfarce saiu com sucesso. Ao fundo podia ouvir o som de aves de rapina aparentemente, junto o bater da água. Fica o silêncio após suas palavras por seis segundos exatamente e a seguir a resposta em um tom ameno:

─ Não sei quem seja Branco. Poucos possuem este número. Por isso sempre lembro a quem passei o número. - Ele não esperou a Toreador finalizar, mas quando ouviu o nome Pierre ele se calou novamente e completou um pouco mais calmo:

─ Ah, o safado... que por sinal sumiu já uns anos. Então ele ainda está vivo? E pela senha certa que você citou, ele deixou tudo ajeitado. Em que posso ajuda-lo? -

Ele esperou resposta de Branca. Ao redor dela, nota que seus carniçais olham aflitos e ao tom de curiosidade querendo saber para quem sua senhora esta ligando. E quem sabe possa ser a solução ou não de Branca.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Qua Nov 04, 2015 6:01 pm

No fundo eu desejava que fosse Pierre, suspiro chateada.

- Sieur, não o vejo a anos... Penso entretanto que ele esteja vivo... Em algum lugar. Éramos companheiros. Ele sumiu e me deixou esse número caso estivesse com problemas.

Faço uma pausa e prossigo.

- Estou com problemas e gostaria de saber em que você era útil a ele. Com quem falo? Se houver problemas em dizer pelo telefone, podemos nos encontrar formalmente.

_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fractius

avatar

Mestre do Conselho
Mestre do Conselho
Mensagens : 224
Data de inscrição : 26/09/2014
Idade : 30
Localização : Salvador

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Ter Nov 17, 2015 10:27 pm



Branca ainda podia ouvir o som do mar aparentemente ao fundo, isso lhe faz lembrar em noites frias na Europa, junto de seu companheiro caminhando descalços tocando aquela areia fria e úmida. Felizes e sujos de sangue após uma refeição noturna e bem saborosa com alguns marinheiros locais. "Jovens" pensa ela naquela época que podia tudo e não tinha tantas leis como há hoje. Quando a voz ecoa do outro lado, ela volta a si e perde concentração em suas lembranças:

─ Pierre era literalmente um mentor para mim. Tudo que ele fazia, e era uma cópia mais jovem e atualizado. Pois havia métodos mais fáceis, e ele preferindo os antigos e demorados. Cabeça dura ele sempre foi. Quem é você realmente? Se for em nome de Pierre, pode ter certeza que irei ajuda-lo. Minhas capacidades sabera na hora. E prefiro pessoalmente e claro.... ficarei esperto para que isso não seja uma armadilha. Você poderia muito bem ter destruído Pierre e querendo me pegar. Tenho inimigos, não me leve a mal. Onde podemos nos encontrar? Preferência um lugar público, bastante movimento, assim me sinto mais seguro. -

O poder sobrenatural é bem ardiloso, falando com ele, suas lembranças, tudo a toma como se pudesse através da linha sentir o cheiro da água do mar, como se sentisse o vento gélido e sentindo em seus pés a areia úmida. Selva parece ser esperto, e isso já é um ponto positivo para os padrões de Branca. Um aprendiz de Pierre? Se for verdade ou não, ela nunca soube disso. O que fazer agora? Seus dois carniçais te olham apreensivos com o sucesso ou não na ligação olhando sua senhora lindamente sensualizando, mesmo em um semblante mais triste.


_________________


Sou apenas uma criança perdida na escuridão, sou o anjo caído que mostrará a você o caminho para sua libertação!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://consilium.livreforum.com
Branca

avatar

Jogador
Jogador
Mensagens : 91
Data de inscrição : 04/11/2014
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    Qua Nov 18, 2015 12:41 pm

- É difícil explicar a minha ligação com ele... Mas posso lhe garantir que os nossos laços são os mais fortes e duradouros entre os de nossa espécie.

Explicar a um estranho o amor que eu sentia era complicado e preferiria me abster. Era algo além do sobrenatural dos vampiros que éramos.

- Podemos nos ver no Teatro Municipal. Haverá uma apresentação esta noite, podemos nos misturar ao público. Como eu te acho?

_________________
"a cerca já era coroa de rosas entre chifres do touro" - Nenpuku Sato
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado



MensagemAssunto: Re: ☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

☥ Branca: Arco I, Ato II: O Gosto Pelo Poder. ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

 Tópicos similares

-
» Arquivo: Membros Inscritos em 2012
» ORAÇÃO DE SÃO CIPRIANO
» PIADAS DE MAU GOSTO
» Capítulo 7 - Sintonia, Telepatia, Comunicação pelo cortex...
» [Forum DuoSAT] Configurar CS pelo navegador dos prodigy

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Reino dos Jogos :: Consilium - Storyteller :: ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤVampiro: A Máscara :: ◇ London By Night ☥ :: Independentes-